SÉRIE DE FOTOS DA NUDEZ NATURALMENTE POSTA NO COTIDIANO

By Maio 28, 2019FOTOGRAFIA

A nudez naturalmente posta no cotidiano. 
Veja a série de fotografias de Sophia Vogel.

A fotografa alemã pergunta para as pessoas que vai fotografar o que eles gostam de fazer e eles fazem sem roupa e ela segue registrando cada ação, seja em seus hobbies, ouvindo música, brincando com os animais de estimação, arrumando a casam trabalhando…
Sophia pede que eles façam a tarefa regularmente e depois repitam sem nenhuma roupa. Ela tira fotos durante esses dois momentos e, em seguida, apresenta as fotos vestidas e nuas para uma comparação lado-a-lado.

“Quero ressaltar que a nudez esportiva deve ser tão natural quanto ser vestida”, disse ela aos criadores. 
“Se você pensa bem, somos todos pessoas nuas debaixo de nossas roupas.”

É verdade que o nudismo é menos tabu do que algumas décadas atrás, mas ver uma pessoa em sua pele nua ainda parece voyeurista.
“A pressão de ser um ser sexual é onipresente para todos os seres humanos”, disse Vogel. “Somos observados e julgados todos os dias, e a indústria da moda esbanja ideais de beleza e críticas sobre nós. Estabelecemos padrões elevados para nós mesmos. Quero falar contra esses padrões ridículos e imagens altamente sexualizadas.”

“Ao apresentar todos os tipos de formas corporais diferentes e posturas naturais, eu adoraria mostrar que todos são lindos à sua maneira.”
Sua fotografia nua não tem qualquer conotação sexual, mesmo que a nudez seja altamente sexualizada em nossa sociedade moderna.
“Eu amo apresentar nudez esteticamente sem qualquer contexto sexual. Nem todas as fotografias de nudismo devem estar ligadas à sexualidade.”

As  pessoas que participam  se sentem conectadas ao projeto de Vogel e cedem os seus corpos e vidas ao projeto.
Em sua obra a artista já contou com professores, dentistas, advogados e outros voluntários.
A maioria deles é da geração do milênio: “No momento, infelizmente, só consigo me apegar às gerações mais jovens, mas adoraria fotografar uma ampla faixa etária”.

Acesse o site do projeto clicando aqui!